quarta-feira, 9 de junho de 2010

1 mês.

1 mês. 31 dias. 1 mês a falar contigo ao telefone. Todos os dias (com exepção de um, pronto, verdade seja dita). 1 mês que já se transformou em saudades. 1 mês de irritação por não morares aqui ao lado, aqui pertinho de mim. 1 mês de rir a bom rir. 1 mês de felicidade.

Sem comentários:

Aos 25

Passei a meia-noite de 7 em Budapeste com uma das minhas melhores amigas e foi o melhor dia de anos de sempre. Entre almoçar McDonalds e jan...