sexta-feira, 9 de julho de 2010

Afinal descobri outra coisa que também não percebo

é porque é que cá, em Lisboa, temos de fazer filinha para entrar no autocarro. Juro que só me dá vontade de rir e só me faz lembrar quando andava no quinto ano e tinha 1,30m.

Passo a explicar: em Coimbra, as pessoas fazem um molhinho ao pé da entrada e vamos entrando um de cada vez, sem stress, que cabemos todos e o autocarro não se vai embora até toda a gente entrar.

2 comentários:

Filipe Reis disse...

Aqui no Porto também se faz isso x)

és mesmo da terrinha ó provinciana.
ahahah

beijinho *

(boa sorte, estou a torcer aqui deste lado.)

Débora Orrico disse...

LOL Filipe, vou relembrar-te que não vives no Porto e sim na Feira, 'tá caladito x)

Se queres que te diga Tita, a maneira delas é infantil mas mais ordenada e justa :b

That awesome feeling

Quando ontem à tarde duas pessoas dizem o mais banalmente possível: "Sim, a Buu é das pessoas mais simpáticas desta empresa" A...