quarta-feira, 28 de julho de 2010

E de vez em quando há dias bons,

em que tenho a festa de anos da melhor amiga,
em que falo ao telefone horas sem me cansar com a best,
em que vou ao cinema com a minha irmã,
em que vou à piscina com o melhor amigo que já não via há séculos,
em que a minha mãe até está simpática comigo,
em que sei que não vou ter de repetir uma cadeira para o ano,
em que compro um monte de roupa,
e em que vêm os meus sobrinhos passar férias ao continente.

De vez em quando, há dias bons.

Sem comentários:

Lá vou eu, a alta velocidade

Meses a ansiar por Junho e Junho chegou. Possivelmente um dos meses mais stressantes da minha vida, onde vi as minhas maiores olheiras de se...