Mensagens

A mostrar mensagens de Novembro, 2010

Tu és qualquer coisa.

Imagem
Assim qualquer coisa fora do normal. Não és básico, não és simples. Roças ali a perfeição de uma maneira que nunca vi. E eu, eu estou tão bem contigo.

Coisas estúpidas que só acontecem a quem? A mim, pois claro #1

Imagem
E começa hoje uma nova rubrica. Pois o nome diz tudo, por isso não percamos mais tempo.
Uma pessoa como eu, com 18 anos, que tem problemas de coordenação e de equilíbrio, aliadas à trapalhice total faz de mim alguém perigoso. Essencialmente, para mim própria. Ora ontem, resolvi ter um ataque de rebeldia e pensei 'bolas, tenho 18 anos, estou em plena adolescência e ainda não fiz nada que possa contar mais tarde aos meus netos'. Não. Estou a mentir. Eu não pensei. Por isso é que aconteceu o que aconteceu.
Ontem, por volta da meia-noite (e já depois de ter visto o fantástico HP) resolvi subir umas escadas rolantes pelas que estavam a descer. Quem nunca pensou em fazer isto que se acuse. E estava a correr bem. Não é assim tão difícil. Pois não, não era.
Estava a correr bem até o meu equílíbrio (ou a falta dele) darem de si. Dei uma valente queda em plenas escadas rolantes. Conclusão: tenho o joelho completamente inchado, dorido e com uma bela de uma ferida. Resultado: mal consigo …
Imagem
amanhã, com as meninas lá vamos nós. pelo menos durante 2h e meia.
Já estou outra vez doente, com ranho (palavra mais linda), e dor de cabeça e tudo e tudo e tudo. Haja sorte.
Imagem
Podia escrever um texto bonito, mas isto chega: gosto tanto de ti.

Eu tenho a mania que sou do contra

e até faltar pelo menos - e já me faz bastante comichão não ser só no início de Dezembro - um mês não há cá árvores de Natal, nem canções, nem espírito natalício que o valha. Recuso-me.
e depois há dias em que todas as dúvidas vão embora e deixam uma calma no ar que chega a ser palpável. depois há dias em que não podíamos ser mais felizes.
detesto de morte acordar de manhã cheia de dúvidas, e deitar-me com elas ainda a moerem-me o juízo.
Imagem
e o que eu adoro este filme.

Trabalho chato parte 2: Starting.

Imagem
E aí vou eu, completamente sem vontade para o meio do mato com um cestinho de verga. Não há de ser nada. Espero eu.
Ai Deus, eu gosto tanto de me enganar a mim própria.

Trabalho chato parte 1: Done!

Imagem
Imaginem que têm uma cadeira deste semestre que não é difícil, não o é de todo. Mas é chata, aborrecida, dá sono até mais não. Agora imaginem terem um super trabalho a esta cadeira que envolve saídas de campo e tudo.
Imaginem agora o meu sorriso de felicidade quando já acabei a primeira parte deste trabalho, pronto a ser entregue amanhã. Wee!
E estou a tentar não pensar que a partir de Domingo começa a parte dois.
Imagem
E lá fui eu. Ver este filme, por sinal bem engraçado. Nem sabia que os franceses tinham um sentido de humor tão apurado. E não, o filme não vai ganhar nenhum Óscar, mas eu gostei bastante.

e sim, aqui fica o trailer, mesmo tendo a certeza de que vai ser quase impossível alguém perceber alguma coisa.

Ser infeliz está (definitivamente) na moda.

Bolas, ainda não é desta que sou fashion.

te rere re, te rere re

Bones - The Killers

Could you please buy some culture? #2

Imagem
Isto vai ser muito mais difícil do que o imaginado. É certo, eu sabia-o. Chegam as aulas e não há tempo para nada. Nem para ler, nem para ver filmes, nem para ir ver peças de teatro, nem para ir ao cinema. E quanto à última também se prende muito com a falta de compatibilidade de horário com quem eu hipoteticamente poderia ir. Parece-me que a opção 'lá vou eu outra vez ao cinema sozinha' está de volta.
Mas serve este post para dizer: eu ainda não me esqueci, e eu ainda não desisti.