quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

olha que, realmente


há pessoas que só me dão vontade de rir. Ou de chorar. Mas não, neste caso é de rir.
É que realmente há vezes em que eu gostava tanto de ser daquele tipo de gente que é muito superior e que nada nem ninguém os atinge e está-se na boa, tudo bem, eu sou tão boa, e o resto é paisagem. Não sou assim, e depois como não sou tenho de - lá está - aturar o resto que é supostamente paisagem.

Mas estava eu a dizer que há pessoas que só me dão vontade de rir. Então certas miúdas, ui! E miúdas que não sabem o que querem? A-do-ro. Eu também nunca sei o que quero. Ora um dia apetece-me gelado de morango, noutro apetece-me chocolate. Num dia apetece-me andar de botas noutro sou toda sapatilhas. Mas não ando a chatear os outros com as minhas santas estupidezes e indecisões, e aiai que sou tãoooo indecisa.

Então estas miúdas vai que num dia estão tão apaixonadas pelo nosso moço e eu quase - quase! - tive pena, vai que elas até são simpáticas, espero que encontrem alguém que goste delas e tal. Depois entraram na fase de me irritarem e começaram com aquelas conversas de treta do 'vê lá se gostas mesmo dela, olha que eu gosto tanto de ti'. Por fim, vai que noutro dia - leia-se uma semana depois de ter andado a 'atazanar' a cabeça do rapaz - já estão tãooo apaixonadas por outro.

Valha-me a minha santa paciência.

2 comentários:

Suu disse...

ai que eu só tenho uma resposta: piiiitas ! --'

debbie clementine disse...

sinceramente -.-

por estes lados espera-se um mail de vossa excelencia, visto que a menina e' a 'unica com novidades, pelo que parece :)

Aos 25

Passei a meia-noite de 7 em Budapeste com uma das minhas melhores amigas e foi o melhor dia de anos de sempre. Entre almoçar McDonalds e jan...