terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

confesso

modo zen uma treta, hoje de manhã foi dia de choro acentuado, muito muito choro, e soluços. e mais choro e mais lágrimas. e mais soluços. parou porque entretanto senti o meu pai chegar e era hora de começar a representar.
e agora que acabou (espero eu, pelo menos para já) ficou tudo mais claro e um grande sentimento de whatever reina em mim. se chumbar a três cadeiras chumbei. de qualquer das formas também não gosto disto. se os meus pais me chatearem chatearam. depois ouvem o que não querem. estou farta de estar há quase dois meses em casa. prá semana quero sair daqui, dê lá por onde der.

e agora (vou fingir que) vou estudar mais um bocadinho.

2 comentários:

Suu disse...

igual igual igual ao que eu sinto.
mas força buu, has-de conseguir, se não for este ano é no próximo <3

Sis disse...

Ninice, relativiza as coisas. Se conseguires n gostando, tanto melhor. Se n conseguires, tb n é por aí q acaba o mundo. Tu até tens um ano à frente de todos os outros, remember?

Aos 25

Passei a meia-noite de 7 em Budapeste com uma das minhas melhores amigas e foi o melhor dia de anos de sempre. Entre almoçar McDonalds e jan...