quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

low batteries.

Sou como uma bateria viciada. No início, portei-me bem e aguentei muitos dias, fui saudável que nem ferro. Era uma bateria nova. Precisava de um carregamento uma vez por outra, e com um bom carregamento continuava perfeita. Depois, como sempre, e como em tudo, veio o desleixo. Deixei de ser carregada sempre que a energia ia abaixo e passei a sê-lo quando dá jeito. Umas vezes ainda estou a meio e já estou a ser novamente ligada à ficha. Outras vezes sou deixada, ali, de parte, à espera, dias sem fim. Outras vezes o carregamento não é suficiente. Não sou deixada sequer tempo razoável para que a energia chegue aos cinco tracinhos. É por isso que sou uma bateria viciada. Porque não tenho o tratamento que devia. E depois torno-me uma dependente da energia, daquela electricidade, e estou sempre a pedi-la, mesmo quando não devia precisar. Mas o pior é que preciso.

2 comentários:

Suu disse...

adorei :)

Wilson disse...

Posso brincar? Muda de telemóvel x)

Melhor: muda de carregador. Esse não presta :b

Lá vou eu, a alta velocidade

Meses a ansiar por Junho e Junho chegou. Possivelmente um dos meses mais stressantes da minha vida, onde vi as minhas maiores olheiras de se...