segunda-feira, 11 de abril de 2011

love you.

impossível. digo outra vez, impossível. desta vez o meu cérebro não tem provas contra ti, não consegue encontrar nada, absolutamente nada. nunca me desiludes, nunca. nem a 1300km de distância. nem quando não precisavas. tu nunca és um suficiente, és sempre um muito bom, um excelente.
e hoje deixaste-me assim, sem qualquer tipo de aviso

2 comentários:

Dri disse...

Deixou-te com um sorriso e pôs-te a cantarolar musicas irritantes :b

buu disse...

pois fooooooi (a)

Calma Buu Maria

Com 25 anos já era altura de ser menos impaciente mas na verdade acho que estou cada vez pior. Será possível que andei desesperada para come...