quinta-feira, 2 de junho de 2011

2º ano

Tenho sempre a sensação que sou ao contrário da regra geral. Ou pelo menos gosto de pensar que sim. Amanhã é o último dia do 2º ano da universidade. No primeiro dia do primeiro ano todos me disseram 'o melhor ano é o ano de caloiro'. O tanas. Este sim. Este foi o ano. Este foi o melhor ano de sempre e tinha roçado a perfeição se certas pessoas não tivessem emigrado. Foi o ano em que descobri que se calhar tinha feito uma boa escolha em vir para o curso que vim. Foi o ano em que conheci as melhores pessoas, que me vão marcar para sempre, em que fiz amizades que nunca pensei ter feito, e solidifiquei aquelas que tinham ficado em modo gelatina o ano passado. Este ano foi o ano em que ri mais, cantei mais, dancei mais, falei mais, estudei mais.

Este foi o ano.

Sem comentários:

Aos 25

Passei a meia-noite de 7 em Budapeste com uma das minhas melhores amigas e foi o melhor dia de anos de sempre. Entre almoçar McDonalds e jan...