quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Do fim do secundário

Já passaram dois anos desde que chorei baba e ranho naquele dia. Lembro-me tão bem, sexta-feira, dia 6 de Junho de 2009. Eu e as míudas no carro de uma delas, em silêncio, a ouvirmos o cd (na altura) novo da Beyoncé. A D. deixa cair as primeiras lágrimas silenciosamente e diz num murmúrio:'este momento é tão perfeito'. Saímos do carro algum tempo depois e abraçamo-nos todos como se o mundo fosse acabar. Pouco depois fui para casa e ainda com os olhos vermelhos subi até ao meu quarto onde reli as dedicatórias de todos quantos consegui arranjar. Nesse instante soube que a partir daí nada voltaria a ser o mesmo e que o meu chão ia passar a ser outro, e que ia deixar de estar protegida naquela gaiola que é a minha terrinha.

Ainda hoje acho que o 12º foi dos melhores anos da minha vida.

Nada que uma boa noite de sono não resolva

Chegou a terça-feira e tinha uma dor de cabeça horrível e sentia um cansaço generalizado. O meu corpo estava a suplicar-me para parar de mar...