piscamos os olhos, e cá estamos nós, no último ano.

Passaram já dois anos desde a primeira Serenata Monumental que marca o início da Queima das Fitas. Não gosto daquele pretensiosismo de quem diz que já cresceu muito neste tempo. Mas a verdade é algo do género. Habituei-me ao meu curso, passei a gostar dele, passei a sentir-me parte dele. No entanto, este ano não consigo estar entusiasmada. Não há nada para eu fazer, e não gosto de não ter o meu papel. Eu já consigo traçar a minha capa sozinha (se bem que com uma ajuda fica sempre melhor...), e a minha afilhada já é crescida e já tem a sua própria caloira. É, passou mais um ano e a minha neta também já vai deixar de ser caloira. Este ano vou ser apenas uma mera espectadora. Vou ver a D. trajada e o meu homem também. Mas eu não vou fazer parte desses momentos, e não é que me entristeça, fico só um bocadinho aborrecida. 

Mas sei que quando chegar Domingo e com ele o melhor dia de toda a licenciatura, vou ter um discurso completamente diferente. 

Comentários

Mensagens populares deste blogue

but life still goes on.

Run forrest run