sábado, 8 de setembro de 2012

eu tenho uma teoria sobre filas

que consiste em: se já entrámos numa fila (quer seja de trânsito, supermercado, entrada para um concerto, etc.) não se muda. A menos que a fila em que estamos feche, obviamente. De resto, nunca se muda, por qualquer que seja o motivo. Se mudarmos vai dar asneira e, mesmo que a fila pareça mais pequena, vai sempre acontecer alguma coisa que nos vai levar ao arrependimento.


Ontem, no Pingo Doce, tive a confirmação da minha teoria. Quando estava para pagar vi que a fila da esquerda estava substancialmente mais curta que a minha. Mudei.

Quando o senhor à minha frente estava a pagar, aparece uma velhota mal humorada com uma muleta, com uma caixa de Fitness de 500g e uns ovos. Vira-se para o caixa e pergunta-lhe:

- Olhe, aqui a caixa prioritária está fechada, é para esta que eu venho é?

Não deixou que ele respondesse e pôs as coisas imediatamente à minha frente no mini-tapete e foi directamente para o sítio onde se paga. Nem água vai para mim. Eu que sou uma tipa simpática fiquei calada e lá deixei a mulher passar, afinal era velhota, e só tinha duas coisas.

Só que a minha teoria estava prestes a confirmar-se. A velhota no seu tom lento e pastoso voltou à carga:

- Olhe, esses Fitness estão em promoção não é?

- Acho que sim, vou ver aqui no catálogo.

- Pois, eu vi na porta. Tenho a certeza em como estão. - diz ela com toda a certeza.

- Afinal no catálogo não está nada. - diz-lhe o caixa. - Espere aí um segundo.

Vira-se para aqueles microfones e toca de chamar uma repositora. Ela vem e ele lá lhe pergunta pela promoção. Ao que ela responde:

- Hum, isso não é bem uma promoção, é uma caixa que tem mais 21% de borla. Eu vou buscá-la.

A rapariga sai e vai buscar a tal caixa. A tal velha continua a repetir indefinidamente que viu a promoção na porta. As pessoas atrás de mim começam a bufar. E eu começo a pensar em patentear a minha teoria.

A repositora volta com uma caixa consideravelmente mais pequena do que a da velhota. Então, eis que a velhota faz a seguinte questão:

- Então qual é a diferença? Qual é a melhor caixa diga lá!

É nestas alturas em que eu me diferencio dos outros - para pior. Enquanto todos bufam, a mim dá-me uma vontade de rir incontrolável. Tive de me esconder atrás da minha carteira e não foi propriamente bonito. O caixa e a outra rapariga ficam a olhar para a velha sem saberem o que dizer. A diferença era bastante óbvia.

- Esta é maior, leva mais, está visto! - volta a dizer a velhota, perante a falta de resposta. - Olhe, levo esta, a grande.

Portanto, e resumindo, vinte minutos de dúvida de volta de uma caixa de Fitness para depois levar a mesma caixa. Bof.



3 comentários:

J. Persoa disse...

Ahah dano-me sempre que mudo de fila e corre mal, mas por acaso ainda ontem correu bem. E não te preocupes, nessa situação também me ria ;)

Pi Maria disse...

Bem comigo é mais assim: estão duas filas com a mesma quantidade de pessoas e de artigos, fico alí indecisa a pensar por onde me devo meter, e o que acontece sempreeee?! Se opto pela fila 1, a fila 2 é que anda mais depressa, se opto pela fila 2 a fila 1 é que se despacha. Raio do azar que tenho sempre :)

V* disse...

É certinho e direitinho que se mudo de fila, a fila em que estava começa a andar mais rápido!

Constantemente dividida

Entre querer que chegue a setembro para começar o mestrado e ter novidades na minha vida e querer que o verão não passe porque é a minha alt...