terça-feira, 16 de outubro de 2012

time flies

É impossível não pensar que a esta precisa hora a grande maior parte dos meus amigos estão numa grande festa, lá na cidade dos estudantes. Hoje é o cortejo da Latada, e o ano passado mostrei-vos aqui como foi o meu dia. Foi dos dias mais fantásticos até hoje, e parece que só agora, à distância, o consigo reconhecer. A correria para ter os nabos mordidos, o não querer morder em nenhum e depois acabar por morder tantos, a minha preciosa ajuda à H. para ficar mais bem disposta uma vez que estava bêbada, o esperar umas boas duas horas para que aquele tipo que me era tão especial me viesse morder o meu último restinho de nabo, o ouvir a D. a reclamar que tinha que ir para casa e que ia perder o comboio, o mandar a rama ao Mondego e pedir um desejo, a melhor declaração de amor de sempre.

É impossível não pensar como num ano as coisas mudam tanto. Enquanto eles estão lá, na fanfarra, eu estou aqui no sofá a queixar-me de como estou doente, a assoar-me de dois em dois minutos, a comer gelado do Continente com morangos, e a ver as minhas séries preferidas. Enfim, um dia completamente random.

3 comentários:

Dri disse...

Deixa lá que não perdeste grande coisa!

м♥ disse...

eu nem quero pensar quando for o meu ultimo ano! Felizmente ainda me faltam alguns. mas de vez em quando penso nisso e fico mesmo triste.

Jude disse...

Ainda tens a Queima! Eu por acaso tive sorte, pude aproveitar o cortejo em vez de ir estagiar, mas algumas colegas minhas não puderam e perderam o ultimo! :/ Espero que estejas melhor! :)

That awesome feeling

Quando ontem à tarde duas pessoas dizem o mais banalmente possível: "Sim, a Buu é das pessoas mais simpáticas desta empresa" A...