quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

2012 em revista #2


Se tivesse que escolher uma música para o último trimestre deste ano teria de ser esta. É como uma espécie de mantra desde que vim para Lisboa. É-lhe impossível ficar indiferente.

Sem comentários:

Aos 25

Passei a meia-noite de 7 em Budapeste com uma das minhas melhores amigas e foi o melhor dia de anos de sempre. Entre almoçar McDonalds e jan...