Bye bye 2012!

2012 foi, de longe, o pior ano da minha vida. Começou com valentes gargalhadas entre o meu grupo de amigos numa conversa que, ainda hoje quando vem à baila, nos vale umas valentes dores de barriga. A noite avançou e com ela trouxe-me uma sensação de clarividência para o resto do ano. A primeira madrugada acabou comigo a chorar, em pranto, na casa de banho da discoteca da terrinha com as minhas amigas a olharem para mim, em pânico, sem saberem o que fazer.

A profecia realizou-se, e, meses mais tarde, o meu coração seria partido de uma forma irremediável, levando apenas a machadada final no início de Agosto. Pelo meio ficou o facto de ter tirado a carta de condução à primeira (e os dois primeiros beijinhos no carro), o acabar da licenciatura em três anos e os meus primeiros furos nas orelhas. No verão passei aqueles que seriam os melhores cinco dias de todo o 2012: na praia, mesmo com mau tempo, mas com as melhores companhias.

O último trimestre trouxe-me a mudança de casa, com a minha vinda para Lisboa. Não correu exactamente como esperava, mas nem tudo foi mau. Os vizinhos são terríveis, o meu emprego é do mais precário que há, e os meus colegas de curso são uns convencidinhos. Mas, por outro lado, o senhorio é uma simpatia, ganho uns trocos e foi com o curso que tive a oportunidade de fazer um book (que ainda vos hei-de contar esta história melhor).

Acabei o ano com lágrimas nos olhos a jurar que nunca mais passaria por 366 dias assim. Emocionei-me no facto de ele ter acabado e sinto uma sensação de alívio enorme, finalmente acabou. Acabou, posso fechar este capítulo, esta gaveta mental para sempre.

Agora venha 2013, estou mais que ansiosa para o receber!

Comentários

V* disse…
O meu também...
2013 vai ser definitivamente melhor :)
Inês disse…
Agora é bola para a frente, 2013 com certeza que será melhor ;)
м♥ disse…
Agora encara 2013 como uma nova oportunidade. Aquele capítulo ficou fechado mas tens muitos outros pra escrever!

Mensagens populares deste blogue

but life still goes on.

Run forrest run