segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

Epá, devia ter apostado no euromilhões

Não é que acertei tudo a que apostei, menos na Melhor Actriz Principal? Ena, é o primeiro ano que realmente prestei uma atenção devida a isto!

domingo, 24 de fevereiro de 2013

And the Oscar goes to

Ainda não foi este ano que consegui ver todos os filmes a que me tinha proposto. Desta feita, o Django, as Beasts e o sr Lincoln ficaram para trás.

Mas, e mesmo assim, vou fazer as minhas apostas na mesma tendo como base os filmes que vi e opiniões que li sobre os outros três.

Ora bem, e sem mais demoras, vamos lá:

Melhor Filme: Argo

Melhor Actor Principal: Daniel Day-Lewis

Melhor Actriz Principal: estupidamente difícil de decidir mas Naomi Watts

Melhor Actor Secundário: Christopher Waltz

Melhor Actriz Secundária: Anne Hathaway (estou a torcer muito muito por ela)

Melhor Argumento Original: Django Unchained

Melhor Argumento Adaptado: Argo

Melhor Realizador: Ang Lee

E é isto. Agora é fazer figas e ver quantos vou acertar!

sábado, 23 de fevereiro de 2013

A veia de cusca que há em mim revelou-se, esta noite, em sonhos

Hoje sonhei que eu e as minhas amigas (as mesmas que vieram visitar-me o fim-de-semana passado) fazíamos parte de um gang bastante organizado. Corríamos várias casas, e em cada uma delas matava-mos quem lá estava dentro - sinceramente não sei porquê. Enfim, repetimos a façanha várias vezes até que fomos apanhadas.

Quando chegámos ao tribunal estava lá mais uma série de gente que afinal também pertencia à mesma organização que nós mas que não conhecíamos. Estava lá também o cabecilha do super gang: um tipo da minha terrinha com quem eu não falo mas que é um asco de pessoa.

A maior parte dos acusados recebeu a pena de prisão perpétua (sim, eu sei que em Portugal não há, mas eu estava a sonhar por isso desculpa-se tudo) menos ele. Ele foi o único que recebeu a pena de morte por enforcamento.

Agora senhores, sabem qual foi o primeiro pensamento que me passou pela cabeça ao ouvir a sentença?

- Ora bolas, assim ele vai deixar de escrever no blog dele!

o tipo nem escreve nada de especial, mas é engraçado lê-lo nem que seja para saber quem foi a última conquista dele. i rest my case.



Não sei se ria ou se chore

Eis que recebo um pedido de amizade no facebook. Como tenho por norma só aceitar pessoas que realmente conheço lá fui ver quem era.

Para meu espanto era o Caixas! O Caixas foi meu colega no quinto e sexto ano e lá está: usava óculos. Olhei para o nome dele e não me fez sentido nenhum. Queres ver que o tipo não se chamava mesmo Caixas?? Afinal chama-se André, e eu não me lembrava, de todo.


quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

Oops,

afinal o amor da minha vida já conta com mais uma requisição, para além destas.

Porque eu sou exigente, e porque lá está, ele não pode ser qualquer um, serei completamente conquistada se for brindada com esta música no fim de um jantar com um convite para dançar pela parte dele, assim mesmo à filme.


estas aulas de Voz e afins, fazem-me mal, está mais que visto.

terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

Road to Oscars'13 #4


(best, eu sei que era para irmos ver este as duas ao cinema, mas como ainda vai demorar a estarmos juntas e como eu queria ver antes dos Óscares, teve de ser...mas não te chateies, já te vou dar ainda uma razão melhor para não termos ido)  Juro que não percebo qual é o alarido à volta deste filme. Grande desilusão. Nos primeiros 45 minutos estive quase sempre prestes a adormecer. Secante e previsível, nada de especial mesmo. Se tivesse ido ver ao cinema tinha ficado chateada em ter dado dinheiro para isto. A única coisa que vale é tipa que é óptima actriz, mas isso também já nós estávamos fartos de saber. Nota: 7/10


Coisa estranha. Não consigo ter outro comentário. O filme é estranho do início ao fim, demora a entrar, e tem, um certo pretensiosismo de quer ser snob. Ainda não vi o Lincoln e toda a gente diz que o Daniel Day-Lewis vai ganhar, por isso fico com pena do Joaquin Phoenix, porque ele arrasou. Aliás, este é outro filme que é suportado pelo actor principal, tal como o anterior. Nota: 6,5/10.

E com isto já só me faltam 4: Lincoln, Django Unchained, The Impossible e Beasts of the Southern Wild.

Liebster Award - last round begins!

Ora, respondido às perguntas da Pam, e da C., ficaram-me a faltar as da Jude. E com ela vem também uma imagem toda catita.



Mas sem mais demoras, vamos lá:

1. Qual é o teu género de música favorito?
Tende um bocadinho para aquele estilo de rock alternativo, se bem que oiço de tudo (menos Biebers e afins, obviamente).

2. Se pudesses morar em qualquer lado do mundo onde viverias?
Bem, essa é difícil. Claro que há sítios onde eu gostaria de morar, mas como nunca lá estive não sei bem se corresponderiam às minhas expectativas. Mas, e mesmo assim, gostava muito de experimentar viver em Nova Iorque (viva o cliché!).

3. Há alguma coisa que sempre quiseste mas que ainda não conseguiste ter?
É estúpido, mas a primeira coisa que me vem à cabeça é: um cabelo fácil de domar.

4. Tens algum blog favorito?
Hum...acho que não. Mas tenho uns quatro ou cinco que visito mais frequentemente que outros.

5. Qual é a coisa que te distingue das outras pessoas?
Epá! Senti que esta pergunta veio mesmo directamente de uma psicóloga! Bem, ultimamente têm-me dito que eu sou muito boa pessoa, com um grande coração, gosto de achar que isso, em parte, me faz diferente.

6. O que é te faz feliz?
Ora bem: estar na praia a apanhar um bom sol; estar em casa com a família toda toda toda; rir às gargalhadas com os meus amigos; passear; comer porcarias; ver bons filmes.

7. Doce ou salgado?
Doces! *.* Tudo o que seja chocolates/bolachas/gelados/gomas/bolos podem-me dar, sou doida por todos eles!

8. Qual é a tua viagem de sonho?
Eu tenho a mania que sou muito viajada por isso uma não chega. Gostava muito de conhecer os Estados Unidos. Depois (ou antes!) também gostava de ir a Paris, Berlim, Roma, Praga, Budapeste e Viena - mas estas podiam ser com uma companhia mais romântica.

9. Livro favorito?
Acho que não tenho. Mas, e apesar de já ter lido bastantes, sou uma geek incondicional de Harry Potter.

10. Filme favorito?
Acho que também não consigo escolher só um. Mas cá vai o top5: (500) Days of Summer, Fight Club, Once, The Departed, Forrest Gump.

11. Já amaste alguém sem ser correspondida?
Sim. Comecei por não ser, depois - e durante cerca de um ano e meio - fui e depois voltei a não ser. A minha vida é uma animação, está visto.

domingo, 17 de fevereiro de 2013

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

coisas que doem um bocadinho - parte 2

Afinal não era nada que uma boa conversa não resolvesse. Passou por mal entendidos meus, bem como por falta de atenção dele. Mas cá estamos. Porque eu não chamo melhor-amigo por dá cá aquela palha, e porque não queria mesmo que ele saísse da minha vida.

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

Pergunta para queijinho

Os filmes Fast and Furious são infinitos? É que acabei de ver que já há trailer para a sexta parte.

Diz que hoje é o dia dos namorados, né?

Pois parece que depois de dois anos consecutivos a ser um dia em que eu podia fazer alguma coisa alusiva ao tema, voltei à estaca zero, e como diz um amigo meu: 'eu estou quase a namorar, só me falta namorado!'. É um dia como os outros, quinta-feira, e, para além do mais, é dia de arrumar a casa porque as minhas amigas chegam amanhã, e eu, como sempre, deixo tudo para a última.

Para quem entre ontem e hoje chegou cá e viu que estava privado

Digamos que apanhei um susto. Em princípio não vai ter grandes consequências, mas só o tempo o dirá.

terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

Desejem-me boa sorte

que eu vou tão precisar.

Esta semana a sis está na terrinha, e, por isso, fiquei eu por cá, sozinha. Mas não é por ela não estar cá que vou ter menos que fazer. Ora vejamos:

- 9h30: despertador toca, Buu Maria grunhe;
- 9h40: Buu Maria grunhe mais uma vez, e acaba por se levantar mal disposta - como sempre;
- 9h45 até 10h30: arranjar-me e sair de casa;
- 11h até 18h: hora de trabalhar a.k.a hora de apanhar a maior seca da minha vida e de inventar coisas para fazer a todo o instante, isto tudo enquanto estou constantemente de pé;
- 18h: voltar para casa;
- 19h: começar a fazer o jantar
- 20h: jantar
- 20h30 até 00h: curso

Ora como vêem, mal tenho tempo para respirar (excepto quando estou na loja, mas isso é como estar numa prisão).

Mas...não bastando o supracitado, na quarta à noite o meu boss vem da Irlanda para jantar connosco e na sexta chegam duas amigas minhas para passar todo o fim de semana comigo.

Ou seja, de hoje a oito dias estarei a pedir por socorro.


domingo, 10 de fevereiro de 2013

coisas que doem um bocadinho

O meu melhor amigo ignorar-me completamente desde que vim para Lisboa. Não responde às mensagens, nem por telemóvel, nem por facebook. Diz que não dá jeito vir visitar-me mas de vez em quando lá aparecem fotos dele pela capital, com outros amigos. E custa. Custa mesmo um bocadinho grande. Afinal, e se calhar, era só eu que o considerava assim tão perto de mim.

Libster Award - parte 2

Bem, respondidas às perguntas da C., passemos então às perguntas feitas pela Pam:

1. Quantas palavras tens no teu nome? Cinco! E com direito a um apelido repetido e tudo!

2. Gostas de dar conselhos? Gosto sim, e acho que tenho algumas pessoas que gostam de ser aconselhadas por mim. Quando andava no secundário até me chegaram a dizer que devia ir para Psicóloga ahah.

3. Para o que é que te falta um bocadinho assim? (resposta clichézinha) Falta-me um bocadinho assim para ser feliz.

4. Em que modalidade gostavas de participar nos Jogos Olímpicos? Sempre tive um sonho irreal de ir aos Jogos como ginasta, acho um desporto exigente e difícil, mas muito muito bonito de ver.

5. Importas-te que falem mal de ti? Duvido sempre um bocado quando alguém me diz que não se importa com o que os outros dizem. O que varia é a importância que dou a essa pessoa. Se for alguém de quem gosto, obviamente que me custa imenso, se não for, importa-me muito pouco.

6. És a pessoa da vida de alguém? Hum...não me parece.

7. Quem gostavas de ser por um dia? Ui, tanta gente! Assim de repente, e para não estar a mencionar imensas pessoas, gostaria de um gato por exemplo.

8. Já te sentiste zangada e contente ao mesmo tempo? Parece-me um bocado dífícil, principalmente se o motivo for o mesmo. Mas sim, já me senti mais ou menos assim, há alguns meses atrás.

9. É verdade que a confiança é como a virgindade, só se perde uma vez? Eu confio demasiado nas pessoas, principalmente naquelas de quem gosto muito. Se traírem a minha confiança, eu volto a dar oportunidade, mas demoro muito mais tempo a conseguir recuperá-la.

10. Já te assumiste como a chefe em alguma situação? Bem, tendo em conta que sou escuteira (tenho quase a certeza que nunca aqui o tinha dito) e que fui, durante alguns anos, guia ou sub-guia de uma equipa, tive de ser não chefe, mas um bocadinho líder, em algumas situações.

11. Qual é o elixir da juventude? Gosto de pensar que não ter vícios é um bom começo, principalmente o do tabaco. O resto, quem souber, pode dizer-me!


(E pronto, entretanto ficam-me a faltar as perguntas da Jude que também me nomeou para este prémiozinho :))

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

Se todos os dias fossem assim, eu era uma pessoa muito mais feliz

11.30: após visita rápida ao meu email vejo que ganhei o passatempo da Carris e que eu e a sis vamos amanhã ver o The Master à borlix! Ena ena!

12 e picos: após visita rápida ao email da loja vejo que também já recebi o salário de Janeiro. Ena ena ena!

Posto isto, estou bastante expectante para saber o que me vai acontecer no resto do dia, afinal ainda está a começar e está a correr mesmo bem!

domingo, 3 de fevereiro de 2013

Road to Oscars'13 #3

Digo-vos com toda a franqueza: este é o ano em que estou mais a par dos filmes. Por outro lado, e do que tenho visto, é o ano em que estou menos impressionada, principalmente com os actores. Têm-me parecido todos sensaborões, sem grande intensidade. Enfim, mas dou o benefício da dúvida porque ainda me faltam ver alguns.

Sendo assim, esta semana foi preenchida por:


O melhor da semana. Faz-nos pensar no que nos acontecerá a nós quando atingirmos a velhice - o que me suscita a vontade de escrever mais um post só sobre este - e mostra-nos que o amor não são só os chavões do costume. Às vezes amor também é deixar ir. Recebe um belo 7.5 em 10.


Levezinho. Deu para rir e para chorar (pelo menos para a minha irmã). Não merece mais comentários, é engraçadito vá. E para aqui não me cheira que venham estatuetas douradas. Fica com um 7 em 10.


Só tenho um comentário possível a este: boooooring! Demorei imenso tempo a vê-lo, tudo me distraía. A história é previsível, nada de novo mesmo. Fica com um 6 em 10, e vai com sorte.

Aos 25

Passei a meia-noite de 7 em Budapeste com uma das minhas melhores amigas e foi o melhor dia de anos de sempre. Entre almoçar McDonalds e jan...