domingo, 30 de junho de 2013

Coisas que aprendi num fim de semana que se quis muito cheio

Tenho os melhores amigos do mundo.
Não voltar a pôr a 2ª numa subida inclinada na qual vou a 10 km/h ou o carro vai-se ressentir bastante e eu vou ser gozada.
O meu estômago é demasiado sensível ao gás da 7up.
Não fui feita para estar num baile de braços cruzados e trombas - vou dançar e fazer figuras e não quero nem saber. 
6 ou 7 shots dão para alegrar uma pessoa mas não chegam para fazer alguém bêbado. 
É possível uma discoteca estar com uma música tão má e tão vazia que nos arrependemos dos 1,5€ que pagámos de entrada. 
Quando voltar a ir a uma praia fluvial levar uns chinelos e usá-los no caminho rio-toalha, ou volto a fazer figuras tristes - e a esfoliação nos pés não é assim tão vantajosa. 
Podia ser uma jogadora profissional de Uno e ficava rica.
Não tinha noção das saudades que tinha das pessoas daqui. 
Sou perfeitamente capaz de ultrapassar uma das situações mais constrangedoras da minha vida e fi-lo com sucesso (mas rezo para não voltar a acontecer tão cedo). 
Para mim, camisas em rapazes são como saias em raparigas para eles. 
Ainda continuo a chorar com filmes de animação. 
O We are young dos fun. torna-se especial quando cantado com as pessoas certas. 
É possível que seja mais divertido estar a cantar aos berros com os teus amigos num carro do que numa discoteca.
Não, uma rapariga não se senta na mesma mesa que dez rapazes porque é muito amiga deles, é mesmo porque está interessada num em especial.
Às vezes conseguimos sentirmo-nos mais giras de calças e t-shirt do que de vestido. 
Emagreci tanto que quase consigo enfiar um braço nas minhas melhores calças. 
Apercebi-me que me vai custar imenso a custar a passar este mês em Lisboa. 



quinta-feira, 27 de junho de 2013

Coisas tristes desta vida

Estarem amanhã 30 graus, comigo na terrinha, perto dos meus amigos, mas absolutamente nenhum deles estar disponível para ir comigo para a praia.

Eu nunca pensei

que houvesse alguma coisa que me desse mais nojo que ratos ou que formigas em carreiro ou saírem do formigueiro.

Agora sei que há: baratas com uns cinco ou seis centímetros. Gigantes, enormes, nojentas. Nunca tal vi sem ser aqui em Lisboa.

Acabei de ver uma na minha gaveta dos talheres, expliquem-me como é que vou ultrapassar o trauma.

quarta-feira, 26 de junho de 2013

Coisas que me irritam profundamente

Toda a gente tem uma opinião formada sobre como devo fazer o meu trabalho ou sobre como as coisas numa loja funcionam.  Se não é como acham é, chateiam-se, está mal, devia ser mudado, devia ser de determinada forma, da forma que eles - cabecinhas pensantes - têm a certeza que é a mais correcta. Mesmo que nunca tenham trabalhado em nada do género.

sábado, 22 de junho de 2013

Planos para o dia de hoje

Limpar a casa de alto a baixo (e não demorar mais que 2h nisto);
Fazer o treino do Insanity que não consegui acabar ontem;
Ir para o Cais do Sodré ver se apanho algum dos 4800 marujos que desembarcaram ontem acabar de ler O Grande Gatsby;
Ver mais um episódio de Game of Thrones ou quem sabe, começar a ver Breaking Bad.

Resta desejar-vos um bom fim de semana a vocês também!

E deixo-vos este gato que não tem nada que ver com
o que eu escrevi mas que achei que era fofinho,
e não preciso de mais razões.


sábado, 15 de junho de 2013

Então Buu Maria, como foram esses Santos?

Ora bem:

. chamem-me foleira mas achei um piadão às marchas, e só o facto de ter conseguido ver lá ao longe o João Baião aos saltos já deu para me deixar contente;
. apercebi-me que duas irmãs com apenas um ano de diferença não podiam ser mais diferentes (ou uma tão porreira e outra tão insuportável);
. andar uma hora às voltas completamente apertada em Alfama não teve piada absolutamente nenhuma;
. dar 3€ por uma bifana é justificado quando estamos completamente cheias de fome e aquilo tem um aspecto fabuloso;
. dar 1€ por uma sangria com vinho carrascão já não;
. fiquei bem chateada quando cheguei ao Campo das Cebolas e me apercebi que lá é que está um arraial bem fixe e eu só andei às voltas a noite toda;
. fiquei ainda mais chateada quando vi as horas e percebi que tinha que ir para casa ou caso contrário ia chegar lá para as seis e no dia seguinte tinha de trabalhar;
. andei com uma sardinha na cabeça e senti-me a maior.

aqui está uma foto que não foi tirada de propósito
mas que bem podia ter sido


Conclusão: ou passei por uma má experiência ou esta noite é muito overrated.

quarta-feira, 12 de junho de 2013

Coisas boas de se viver em Lisboa

Ir hoje aos Santos pela primeira vez com as minhas colegas, e voltar a sentir que tenho 20 anos, e não 40.

sexta-feira, 7 de junho de 2013

Momento histérico do dia

Acabei de descobrir que consigo ver o jogo PortugalxRússia no iPad da loja. Oh yeahhhhh! RTP Play, és a maior!

quarta-feira, 5 de junho de 2013

Eu avisei que a minha vida era estranha

Acabou de se sentar nas mesas da minha loja, sem pedir nem nada, uma senhora a dar de mamar a um bebé, com a mama toda de fora.

Vai na volta e vai atrair mais clientes e tudo.

terça-feira, 4 de junho de 2013

A minha mãe é melhor que a vossa

A minha mãe tem um talento especial para trabalhos de costura. É devido a ela que não me faltam bolsas para maquilhagem, porta-moedas, porta-chaves, etc. No último Natal aventurou-se mais um bocadinho, e tive imensos cachecóis novos, golas e gorros feitos por ela.

Então, aqui há cerca de quinze dias, achei que estava pronta para o salto: fazer-me roupa.

Tenho um casamento no próximo Domingo e não encontrei vestidos nenhuns de jeito nas lojas habituais para vestir. E foi então que os meus olhinhos se lembraram deste episódio do Glee e do vestido que a Rachel usa.

We've Got Tonight - Glee Version





Fiz o desafio à minha mãe, e voilá!, ela aceitou. Anda de pantanas, farta de me ligar, já veio a Lisboa só para me tirar mais medidas e não fala noutra coisa. Reclama imenso, mas sei que lhe está a dar um gozo tremendo. E o vestido está a ficar igualzinho e absolutamente impecável! Estou mesmo entusiasmada. Depois, no fim, venho cá contar como foi usar um vestido Diane von Furstenberg que custa 259€ feito pela minha mamã e o sucesso que ele teve.

Calma Buu Maria

Com 25 anos já era altura de ser menos impaciente mas na verdade acho que estou cada vez pior. Será possível que andei desesperada para come...