2013

se não foi o melhor ano da minha vida, ficou lá perto, tão perto.

Se os primeiros oito meses foram estupidamente pesados? Foram. Detestei trabalhar naquela loja de gelado de iogurte, detestei cada hora e cada minuto, detestei cortar frutas, congelá-las, fazer gelado novo, ir comer às sopas todos os dias, aturar os tipos das sandes e das vitaminas a atirarem-se a mim em desespero, os meus patrões, detestei tanto os meus patrões, e a administração, e o horário, e as minhas colegas. Detestei tudo, mas fui forte, e aguentei-me o mais que pude e que achei necessário. Agora que penso nisso, parece que já foi há muito tempo. E percebo que saí na altura que tinha saído, foi a decisão mais acertada de todo o ano.

Mas 2013 foi um ano de oportunidades e de primeiras vezes:
- Fiz dois espectáculos teatrais profissionais;
- Concluí o meu curso de um ano de formação para actores;
- Fui a castings;
- Fui ao Quem Quer Ser Milionário? e ganhei 500€;
- Fui ao Factor X apoiar o P., amigo com quem no verão apanhei um grande susto, sozinhos ao entardecer, em Alfarelos.
- Percebi que nem sempre é fácil distinguir sentimentos e fazer escolhas acertadas em relação a eles;
- Acertei em quase todos os Óscares;
- Mudei de casa em Lisboa;
- Vi mais peças de teatro do que em toda a minha vida junta;
- Gravei uma curta-metragem;
- Comprei umas leggings coloridas e consegui conjugá-las;
- Fui de férias com uma grande amiga minha para Londres;
- Comi sushi e detestei;
- Comi gelados do Santini e viciei-me;
- Fui ao Super Bock, Super Rock e vi os meus adorados The Killers.
- Fiz uma festa de aniversário na praia (que foi uma desgraça, mas o que conta é a intenção);
- Comecei a trabalhar e fazer um estágio profissional numa empresa a sério;
- Conduzi em Lisboa.

Comentários

м♥ disse…
Foi um ano em cheio! que este seja ainda melhor. Bom ano :)
Indigo disse…
Que este ano seja muito mais repleto de novas e boas aventuras.

Mensagens populares deste blogue

but life still goes on.

Run forrest run