sábado, 8 de março de 2014

Socorro, a minha empresa é um reality show

Aqui há uns tempos dizia que tinha uma grande sorte com o sítio em que trabalhava, uma vez que éramos todos boas pessoas. Bom, entretanto abri os olhos, e apercebi-me que as coisas não são o conto de fadas que eu pensava. O facto de termos todos menos de 30 anos e de passarmos cerca de 12h todos os juntos, mesmo que em salas diferentes, torna a minha empresa numa autêntica Casa dos Segredos ou num Big Brother. Há de tudo:

. o casal que toda a gente sabe que é casal mas que diz que não é, e que tem pessoas lá fora; 
. grupinhos que dizem mal das pessoas e quando passamos ao pé deles se calam;
. rapazes que se juntam e falam à mete-nojo sobre raparigas;
. pessoas a jogar que vão dizer aos superiores coisas que nós não fizemos só para nos mandar para debaixo do autocarro; 
. partidas entre colegas a toda a hora (eu insiro-me especialmente nesta);
. pessoas que se fazem umas às outras, e quando se fartam passam à próxima;
. a comida má reina o dia: chocolates, tostas mistas, batatas fritas. Todos os dias alguém come disto, e muitas vezes mais do que uma vez;
. discussões tão altas e ferozes que todos ficamos num silêncio constrangedor;
. ciúmes porque nos damos com certas pessoas;
. sorrisinhos e conversas de corte e costura por trás;
. pessoas falsas (esta então deve ser a que tem maior peso).

E estamos a chegar a um ponto que se pudéssemos ir a votações, votávamos para sair aquela pessoa que a maior parte detesta, mas sobre esta ainda vos hei-de falar melhor um dia.




2 comentários:

Indigo disse...

É na tua empresa e na minha turma... xD

Colored girl disse...

O título deste post é o máximo!

Aos 25

Passei a meia-noite de 7 em Budapeste com uma das minhas melhores amigas e foi o melhor dia de anos de sempre. Entre almoçar McDonalds e jan...