sábado, 11 de fevereiro de 2017

Titanic

Respiras fundo e preparas-te para o embate. Quando sabes que fizeste asneira e desiludiste a outra pessoa é desta forma que funciona. E assim foi. Durante longos trinta minutos, o tempo que demora a levarem-te a casa, ouves berros, mágoa, tristeza, irritação. O barco bate no iceberg e a água começa a entrar. Tentas desesperadamente tomar medidas, reforças as portas, impedes os pisos mais cimeiros de ficarem alagados mas sentes que há pouco a fazer. Pedes desculpa mas a verdade é que há um fio que sentes ser cortado, a jarra já com alguns estragos a partir-se no chão, o barco a afundar-se e pouco ou nada consegues fazer neste momento para o salvar.

sábado, 4 de fevereiro de 2017

Run forrest run

Comecei a correr. Não queria fazer disto um grande buzz e não o queria admitir tão rapidamente na minha cabeça porque tudo o que magico demais se perde, sempre. Mas bom, já lá vão quatro semanas de correr ao domingo e à quinta-feira por isso de alguma forma está a tornar-se oficial. Na última vez corri 40 minutos seguidos e esforcei-me para não chorar no fim do treino. No que toca ao desporto estou mais que habituada a ser a pior de todos, a ficar para trás, a ser a última a ser escolhida, mas conseguir completar o treino sem parar uma única vez fez-me sentir que afinal não sou menos que os outros e que também consigo.

Calma Buu Maria

Com 25 anos já era altura de ser menos impaciente mas na verdade acho que estou cada vez pior. Será possível que andei desesperada para come...