sábado, 25 de março de 2017

Back to business

Cara lavada para receber me receber a mim como nunca me recebi. Não me lembro de nos últimos anos ter estado tão feliz como me tenho sentido em 2017.

Seguramente desde 2011, que não sorria da mesma forma que sorrio hoje. O engraçado é que não há nenhum motivo palpável para o fazer, isto é, continuo na mesma empresa há 3 anos e meio e continuo a querer sair dela, não fui aumentada, não fui pedida em casamento, não há big news, na realidade. A grande notícia para mim própria é ter finalmente decidido tomar conta de mim e deixar de mandar essa responsabilidade para cima dos outros.

Tenho-me esforçado por manter uma teoria de "positive vibes only" e a verdade é que está a começar a dar resultados. O meu cérebro está mais leve, tenho menos problemas, e os que tenho resolvem-se mais facilmente.

E tenho tido mais vontade de aqui voltar, não para continuar o rol de queixume, mas para ir partilhando com vocês (e para me ir lembrando a mim própria na próxima vez que me for abaixo) o que se tem passado na minha vida.

quinta-feira, 9 de março de 2017

Ires à tua escola secundária é:
- aprovarem-te um requerimento na hora só porque te conhecem e foram teus professores
- veres o teu nome no quadro de honra que ainda lá figura
- veres a tua professora de teatro que o foi durante cinco ou seis anos e ficares em choque porque ela não te reconheceu
- veres a tua professora de biologia do 12o e ela ficar êxtase ao ponto de te abraçar quando soube que já acabaste o mesmo curso que ela
- sentires-te uma completa outsider
- morreres de saudades daquele sítio que albergou os melhores anos da tua vida

Lá vou eu, a alta velocidade

Meses a ansiar por Junho e Junho chegou. Possivelmente um dos meses mais stressantes da minha vida, onde vi as minhas maiores olheiras de se...